Mesmo abalado, eu confio

in-shaken-trust

 

Existem momentos na vida que nos sentimos fortes, corajosos, capazes de resolver todos os problemas sem a ajuda de Deus. Outros momentos nos sentimos fracos, incapazes de dar ao menos um passo, e então nos questionamos sobre a vida e tudo o que está a nossa volta, e sentimos que nossa fé está abalada.

Na correria do dia a dia, diante das necessidades de tomar decisões, agimos geralmente por impulso e nos esquecemos de pedir orientação a Deus.Mas cuidado, estamos sempre correndo perigo de nos demover da nossa missão, pois não temos o controle sobre tudo.

Pedro queria andar sobre as águas com Jesus, mas não pôde porque teve medo. (Mateus 14:29,30). Quantas oportunidades perdemos por conta do medo? A mente do ser humano é muito fácil de ser corrompida; basta um olhar, uma voz, um toque para se perder de seu propósito. O coração é enganoso. (Jeremias 17:09).

Precisamos voltar a ouvir a voz de Deus, para quando olharmos para as águas em meio a tempestade, possamos largar todos os afazeres e ir. Apenas ir.

O que a tempestade pode nos ensinar? Que confiar em Deus exige uma renúncia profunda do meu ego, a confissão de que “Ainda que o meu corpo e a minha mente enfraqueçam, Deus é a minha força, é tudo o que sempre preciso.” (Salmo 73:26)

Deus acalma o mar e nos faz descansar plenamente em seu amor.

(Salmo 37:05)

(Salmo 89:09)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s