O cristianismo e as mudanças na sociedade.

Muito ouvimos sobre a crueldade com os fieis pelo mundo, e não é de hoje. Quem se lembra da história de Paulo? Um dos maiores exemplos de perseguição; de quando não ouvíamos falar sobre religião, e sim sobre Cristo.

Quem tem avós cristãos sabe como era a dificuldade em ser aceito na sociedade devido sua crença. Imagine a intolerância de algumas posturas radicais da época, o cristianismo de não se misturar com os padrões seculares, de palavras pensadas antes de proferidas, o cuidado da mãe em se dedicar ao lar e a família.

Os tempos estão mudando e me parece que a igreja tem perdido parte do seu papel na sociedade. Vemos pessoas más reinando pela falta de sabedoria e temor, pessoas que se esqueceram dos seus valores e princípios.

A palavra de Deus é clara quando diz a respeito dos últimos dias, tempos difíceis, iniquidade multiplicada, o amor se esfriando (2 Timóteo 4:01-05). Cremos que a vinda de Cristo está cada vez mais próxima. Mas a igreja está pronta para o Noivo?

Nesses dias maus de pessoas irreverentes, só podemos buscar a Deus a cada dia mais. Respeitamos a evolução da tecnologia, e por isso precisamos usá-la para o bem e edificação, tanto pessoal quanto coletiva. Quantos de nós usamos a internet para alegrar a vida de alguém com uma palavra de amor e esperança?

Conhecemos a Umalegria nas redes sociais e vimos como é importante receber a palavra de Deus de maneira tão pronta e eficaz. Queremos que você conheça esse trabalho de dedicação para que o reino de Deus avance. Precisamos voltar ao que realmente valorizamos: o cristianismo puro e real.

A Maj King segue esta iniciativa e se alegra por quem espalha as boas novas.

@maj_kng e @umalegria: Cristãos que revolucionam e não se conformam com este século!

Eu declaro a morte da carne

Morte

Imagine uma grande guerra entre duas determinadas cidades, o bem contra o mal. Quem vencer levará o prêmio e o direito de governar as duas cidades, incluindo a sua vida. Por quem você iria torcer: pelo bem ou pelo mal?

Talvez você nunca tenha parado para pensar que enquanto você está tomando decisões sobre trabalho, faculdade/ escola, finanças, entre ir e ficar, na verdade há uma força decidindo tudo por você.

Há uma guerra entre o espírito e a carne, e como no exemplo anterior, quem decide quem ganha é você. Quem perder sairá da sua vida, dos seus pensamentos e não terá poder para fazer absolutamente mais nada, mas quem vencer terá total domínio sobre você.

Temos um oponente que anda ao nosso derredor procurando por uma brecha para nos atacar. Esta é a carne, a força contrária a Deus. E ela só vence quando damos lugar em nossa mente, emoções e sonhos. Esquecemos então de Deus e do seu amor e nos afastamos do lugar que Ele derrama suas bençãos. (Salmo 133)

Ao contrário da carne, quando o Espírito Santo tem lugar para atuar em nós, somos totalmente transformados, encontramos força do alto, ânimo para vivermos em paz e no seu descanso.

Pergunte-se todos os dias: Quem irá vencer hoje? Entregue-se a Deus e encha sua mente com tudo que o agrada. (Filipenses 4:08)

“Declare ainda hoje a Morte da carne!”

-Gálatas 5:17 a guerra entre o espírito e a carne;

-I Pedro 5:08 conhecer o adversário

Hope (Esperança)

Esperança

Quem precisa de uma palavra de ânimo e conforto em dias difíceis, geralmente busca manuais e livros de auto-ajuda. Todo suporte de profissionais é bem-vindo em momentos de angústia, mas não é suficiente.

A palavra de Deus foi escrita para nos dar excelentes notícias em dias de tribulação, e ela é extremamente acertiva, e nos direciona a colocar a nossa alma a disposição do bom Deus (Salmo 42:11).

Hoje é um excelente dia para deixar pra trás o que trouxe marcas, decepções e feridas (Filipenses 3:13,14). Todos temos algo a contar sobre o que, porventura não tenha saido de acordo com os nossos planos, mas Deus é quem sabe o que é melhor para nós. Ele nos promete um futuro de paz e uma esperança. (Jeremias 29:11).

Portanto, nesses dias maus, fixe os seus olhos em quem te tirou da escravidão, firmou os seus passos sobre uma rocha, trocou o seu pranto por festa, que enxuga dos seus olhos toda lágrima, e te dá motivos para perseverar. (Romanos 12:12).

O Espírito de Deus nos revela estas verdades, então anime-se nesta herança de amor que hoje podemos receber por meio de sua palavra. (Efésios 1:18).

“Temos esta esperança como âncora da alma, firme e segura”. Hebreus 6:19

Hear my Roar (Ouça o meu Rugido)

A autoridade de um leão em uma selva, é algo que não se pode questionar. O rei é sempre reverenciado e reconhecido sem muito esforço.

Com o Leão da tribo de Judá não poderia ser diferente; ele é forte, invicto, rei soberano (Apocalipse 5:05). Ele tem o poder de trazer de volta para si aqueles que se afastaram (Oséias 11:01-04).

Não podemos entender esse cuidado e interesse por quem, assim como Israel, se esqueceu de quem entregou a sua própria vida em seu favor. Mas graças a sua morte e ressurreição, hoje existe a oportunidade de voltar aos seus braços e à terra que nos destinou.

O Leão ruge esperando nos reconquistar, e ele não se calará frente ao adversário que tenta nos confundir, destruir e matar.

Pense: não fomos criados para viver no Egito, nem sequer voltar para lá. Somos Israel de Deus, e em nós habita a promessa de que “voltaremos para o nosso lar”.

– “Certamente a tua bondade e o teu amor ficarão comigo enquanto eu viver. E na tua casa, ó Senhor, morarei todos os dias da minha vida.”

(Salmo 23:06);

Graça e Amor imerecidos

Todos nós gostamos de ganhar presentes, especialmente os inesperados; e vez por outra devemos parar para pensar na bondade e no carinho que estão por trás de cada um deles, seja de amigos, parentes, ou do próprio Deus. Você já parou pra lembrar do que o Senhor te deu quando você nem merecia?

O favor que recebemos na morte de Cristo é incalculável, pois é graça imerecida, e superabunda em relação ao pecado. A liberdade nos alcançou. Que presente! (Romanos 5:20)

Não podemos dar nada em troca por um amor tão grande, nem se entregássemos todos os nossos bens, não se equivaleria, até porque tudo o que possuímos é dele. Então como agradecer?

A gratidão nos impulsiona a entregar a parte mais valiosa em nós, o centro da vida, das emoções, de todos os desejos e pensamentos: o coração regenerado (Jeremias 36:26,27).

Ao passarmos pela regeneração, somos cheios do Espírito de Deus e não há outra opção a não ser doar a nossa vida em favor do evangelho e dos nossos irmãos, assim como Cristo fez. Que Ele seja o maior exemplo de entrega, de sujeição, de amor imerecido, e de graça imerecida. (João 15:13)

-A graça é dom de Deus.

(Efésios 2:08)

-O amor cobre uma multidão de pecados.

(1 Pedro 4:08)

Sobre ser criança e o amor de um Pai

O amor nunca foi algo fácil de ser explicado. Há quem diga que é a junção de vários bons sentimentos, outros ainda afirmam que ele pode ser encontrado em vários lugares e pessoas. Mas o que diz o criador do amor?

Em I Coríntios 13, texto tão conhecido, o autor é inspirado pelo próprio Deus para nos relembrar o sentido do amor “Eu poderia fazer muitas coisas, mas sem o amor de nada valeria”. É nessas horas que penso sobre a importância de ser inocente frente a esta declaração, como uma criança que tem o coração puro e sincero diante do Pai, e que é agraciada de acordo com suas ações.

Se existe uma dificuldade para o ser humano é de se importar quando ninguém se importa, é dar sem esperar receber, é amar sem ser amado, ou seja, o que conhecemos na verdade não passa de um sentimento restrito e condicional, uma ilusão apenas; de nada adianta qualquer ” boa intenção ” sem o amor incondicional, o que não falha quando você falha, que entrega quando você não entrega, que é fiel quando você não é fiel.

Para conhecer ou relembrar do verdadeiro amor, basta “Olhar para o alto e saber que de lá vem toda boa dádiva do Pai das luzes, onde não há sombra ou variação”. (Tiago 1:17) Ele é imutável, o único que pode nos entregar do seu amor através de seu auxiliador. (Romanos 5:05).

– No verdadeiro amor não há medo (I João 4:18)

– Ser inocente como uma criança; (Marcos 10:14)

– O amor permanece para sempre! (I Coríntios 13:13)

Mesmo abalado, eu confio

in-shaken-trust

 

Existem momentos na vida que nos sentimos fortes, corajosos, capazes de resolver todos os problemas sem a ajuda de Deus. Outros momentos nos sentimos fracos, incapazes de dar ao menos um passo, e então nos questionamos sobre a vida e tudo o que está a nossa volta, e sentimos que nossa fé está abalada.

Na correria do dia a dia, diante das necessidades de tomar decisões, agimos geralmente por impulso e nos esquecemos de pedir orientação a Deus.Mas cuidado, estamos sempre correndo perigo de nos demover da nossa missão, pois não temos o controle sobre tudo.

Pedro queria andar sobre as águas com Jesus, mas não pôde porque teve medo. (Mateus 14:29,30). Quantas oportunidades perdemos por conta do medo? A mente do ser humano é muito fácil de ser corrompida; basta um olhar, uma voz, um toque para se perder de seu propósito. O coração é enganoso. (Jeremias 17:09).

Precisamos voltar a ouvir a voz de Deus, para quando olharmos para as águas em meio a tempestade, possamos largar todos os afazeres e ir. Apenas ir.

O que a tempestade pode nos ensinar? Que confiar em Deus exige uma renúncia profunda do meu ego, a confissão de que “Ainda que o meu corpo e a minha mente enfraqueçam, Deus é a minha força, é tudo o que sempre preciso.” (Salmo 73:26)

Deus acalma o mar e nos faz descansar plenamente em seu amor.

(Salmo 37:05)

(Salmo 89:09)

Desenhos Recebidos ✎